Laranjeira - Cultivo desta árvore de fruto e doenças que a atacam

Para cultivar com proveito a (laranjeira, deve a temperatura do lugar não descer no Inverno abaixo de oito graus centígrados ; nas zonas frias e nas regiões montanhosas não aparece esta árvore de fruto. • ‘Quanto ao solo, a laranjeira prefere terreno fresco, meio solto, mas tfundá-vel, sem água estagnada -no subsolo. • Convém preservar o pomar dos ventos frios; em caso de necessidade, formam-se abrigos artificiais. • Quanto à reprodução, é sabido que a sementeira, a enxertia e a plantação de estacas multiplicam igualmente bem a laranjeira, mas culturalmente, para obter árvores corpulentas e sadias, só convém a sementeira. Escolhem-se sementes -pesadas e de boas castas ; semeiam-se em dia de calor temperado, enterrando-as a dois centímetros em sítio fresco e abrigado. Aos quatro anos tiram-se do viveiro, transplantannse para o laranjal, à distância de sete a oito metros umas cias outras. • Convém dar à árvore muita luz e ar; para isso fa-zem-se ,podas nos ramos ‘que destruírem a forma de esfera cortada inferior e paralelamente ao solo. fA parte superior da copa desbasta-se um pouco para dar acesso ao ar e à luz. Todos os anos se arranha superficialmente a terra do pomar, aclubando-a, mas não muito perto idas árvores. Em terrenos secos, a irrigação é indispensável. Obtida de semente, a laranjeira começa a frutificar aos sete anos, mais ou menos. • A colheita da laranja começa geralmente em Dezembro, mas em determinadas regiões como, por exemplo, no Algarve, inicia-se muito antes.
Uma das principais doenças que ataca a laranjeira cobre as raízes de manchas amareladas, apodrecendo-as com um cheiro característico; segue-se o estiolamento e quedas das folhas e o definhamento dos ramos. Combate-se o mal cortando as raízes atacadas, protegendo as feridas com emplastros de pez de louro, cebo e cinzas, e deitando cal em redor da árvore, se o terreno não é suficientemente calcáreo.
Também o «bicho» (insecto) produz manchas cinzentas e arredondadas sobre o tronco, ramaria e folhas da laranjeira. Procedesse lavando as manchas com um líquido que tenha a seguinte composição: trinta partes de água; três partes de alcatrão; seis partes de sabão mole; uma parte de flor de enxofre..